Atualize seu navegador!
Inclusão

Inclusão

Quando falamos em educação inclusiva, não podemos pensar somente na escola regular, nem somente na escola especial. A inclusão é um processo complexo que implica na transformação da prática pedagógica, devendo iniciar na educação infantil.

A inclusão está garantida através de legislação, mas é na escola que ela realmente se efetiva, através de adequação da Proposta Pedagógica, do Regimento Escolar e do Plano de Trabalho do professor (planos de aula).

A escola deve ter claro o seu compromisso com o processo de ensino-aprendizagem. Vai além da garantia de ingresso e permanência do aluno na sala de aula, pois busca o sucesso de todos, devendo garantir o respeito a singularidade do sujeito. Para isso, é necessário um currículo flexível e aberto, onde possam ser realizadas todas as adaptações que se fizerem necessárias para o atendimento efetivo do aluno. Também deve ser garantida formas diferenciadas de avaliação.

A inclusão é projeto coletivo e vai além da escola, pois envolve uma rede de apoio: família, educação, saúde, serviço social e políticas públicas.

O professor será peça fundamental no processo de inclusão. Precisa ter um olhar e uma escuta diferenciados, aceitando todos os alunos, independente de suas características. Não há espaço para “pena”, pois cada um tem o seu potencial a ser desenvolvido. Não pode preocupar-se somente com os resultados e sim com todo o processo de construção de cada aluno.

A escola inclusiva deve ser um espaço acolhedor, num ambiente estimulante e prazeroso. Não é a escola que diz que aluno quer ter. 

Professora Jane Dodde Schuh 
Diretora da APAE 

                   Pedagoga formada pela UFRJ
                                    Especialista em Educação Especial